quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Quem assusta quem?

Obama diz que a Rússia está Isolada, e que Putim assusta seus vizinhos

 

Presidente dos EUA, Barack Obama (à esquerda) diz que a parte realmente desafiador é que as ações do presidente russo, Vladimir Putin, como anexar Criméia Península da Ucrânia, são politicamente popular dentro da Rússia.
  Presidente dos EUA, Barack Obama (à esquerda) diz que a parte realmente desafiadora é que as ações do presidente russo, Vladimir Putin, como anexar Criméia uma Península da Ucrânia, são politicamente popular dentro da Rússia.
 
 
Presidente dos EUA, Barack Obama diz que não acha que o presidente russo, Vladimir Putin vai mudar o seu curso até que a política na Rússia pague até o dano que está sendo feito por meio de sanções para a economia russa.
  Obama, falando em uma reunião de 03 de dezembro em Washington com mais de 100 executivos de topo, disse que as ações de Putin estão a "assustar" os seus vizinhos e que a Rússia estava completamente isolada internacionalmente.
Mas ele disse que a parte realmente desafiadora foi que as ações de Putin, como a anexação da Criméia a Península da Ucrânia, são politicamente popular dentro da Rússia.
 Obama disse aos CEOs que ele tinha um relacionamento "muito produtivo" com o primeiro-ministro Dmitry Medvedev quando Medvedev serviu como presidente 2008-2012, embora Putin era "o poder por trás do trono".
Obama também disse que estava confiante de que a coalizão liderada pelos EUA pode empurrar para trás militantes Estado Islâmico no Iraque, mas disse que a Síria é mais complexa.
http://www.rferl.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário